Balança de Poder

Entendida como uma situação de simetria de poder entre unidades estatais que lhes cria uma situação de equilíbrio. Ele
pode ser criado pelos atores internacionais de forma deliberada ou surgir espontaneamente no sistema em virtude de combinações e arranjos políticos naturais que vão se formando. Os Estados orientam suas políticas externas em função do próprio equilíbrio.

Para isso, as alianças se tornam fundamentais, alianças essas que podem ser de dois tipos:

i) alianças a priori, que se forma independente do tema/regime em questão;

ii) alianças a posteriori, que se forma a medida do interesse dos atores em interação.